Papo de Sexta - Namoro a distância, existe?

Em 18 de janeiro de 2013
Bom dia gracinhas. Mais um "Papo de Sexta" aqui no blog, acho que é uma das Tags que eu mais gosto, pelo fato de gostar de conhecer novas pessoas e saber o que cada uma pensa. Como eu já disse, quem quiser participar dos próximos é só ficar atento na página do Facebook. Confiram a opinião de algumas meninas sobre o tema de hoje.


Nome: Michelle Fonseca | Idade: 23 anos | Blog

A maioria das pessoas acham que é impossível, algumas pensam que no começo até pode dar certo, mas com o tempo fica complicado manter o relacionamento com km's entre dois corações. Eu discordo de todos, e tenho como provar que um namoro a distância pode sim durar por anos ou até mesmo para sempre. Como posso dizer isso com tanta certeza? Conheci meu namorado através do chat da Uol, conversamos por mais ou menos 1 mês até nos conhecermos pessoalmente, ele mora a 3 cidades da minha, são quase 2 horas de viagem, desde o dia que nos encontramos nunca mais nos separamos. Tem dias que é difícil, bate aquela saudade e você acha que não vai aguentar, outras vezes são as brigas que se tornam muito mais intensas por estarem distantes e não conseguirem resolvê-las no mesmo instante, tem o ciumes que sempre surge por causa daquela garota da cidade dele ou vice versa, a insegurança de que ele canse de te ver poucas vezes por mês e não podemos deixar de falar das pessoas que adoram fazer intriga e que ficam ali te enchendo o saco com coisas do tipo "mas você confia nele? Ele ta lá distante pode te trair e você nem ficar sabendo". Sim é difícil, mas eu acredito que o amor vence todas essas coisas, quando se ama verdadeiramente não importa se você esta longe, porque você carrega a pessoa no coração, nos olhos, no sorriso, na mente, é como se a pessoa estivesse ali gravada em você, quando se ama você não importa por quantas horas você terá de pegar estrada, ou os riscos que irá correr todas as semanas pra simplesmente estar com ela por alguns dias ou quem sabe até mesmo horas, no começo do meu namoro eu o via uma vez por semana por 8 horas no máximo. Acreditem, era muito difícil, mas amor é amor. Hoje com 5 anos de namoro a distância posso dizer que, se você ama, lute, não deixe que nada te faça desistir, afinal, uma vida sem amor não vale a pena ser vivida.


Nome: Diovanna da Luz | Idade: 16 anos | Blog

Acho que namoro a distância é possível, só é complicado. Porque se namorar cara a cara já dá problemas, imagina estar com uma pessoa que você não vê e não sabe o que está fazendo? A primeira coisa necessária é o amor, muito amor, para resistir as “tentações”, e a segunda - que talvez seja até mais importante que a primeira - é a confiança. É saber que se a pessoa está com você, não importa se ela está do outro lado do mundo, ela não vai te trair, depois disso é só ter confiança. Confiança de que um dia vocês vão se encontrar, e paciência, de esperar a pessoa entrar no facebook, de esperar a ligação. Por isso temos que pensar muito antes de começar um relacionamento e distância, será que vale a pena? Amo aquela pessoa verdadeiramente? Se sim, aproveita. Nada melhor do que viver um amor, seja perto, seja longe, o que importa é o que vocês sentem



Nome: Tai Oliveira | Idade: 16 anos | Blog

Esse assunto 'Namoro à distância' sempre me intrigou e muito, acredito que seja algo muito difícil de acontecer hoje em dia, por conta da distância pode acabar se tornando algo platônico demais. Todo ser humano precisa de carinho expresso. Mas por outro lado, algumas pessoas conseguem, e a saudade que dá só ajuda a fortalecer. Acho que quando é AMOR mesmo, não existe qualquer barreira, mas é preciso muito esforço. Quando era mais nova, já tive um pseudo relacionamento a distância, nos vimos algumas vezes, mas acabou não dando certo. Hoje, embora ame alguém que está completamente distante de mim, acho que já não o faria. Em alguns relacionamentos próximos já não dá pra ter plena confiança, imagine só em relacionamento a distância? Mas acho lindo quem consegue levar adiante algo com quem está tão longe.


Nome: Elisa Cristine | Idade: 17 anos | Blog

Vivo um namoro a distância a quase 2 anos. No começo, a pergunta que não saia da cabeça era: “Será que vai dar certo?”, e hoje acho incrível como conseguimos estar ‘juntos’ mesmo sem nunca termos nos tocado (ainda). Muitas pessoas já nos criticaram, falaram coisas assustadoras pra mim, Eu era uma garota de somente 15 anos quando tudo começou e o Bruno foi/é o meu primeiro namorado. Só que conseguimos provar o quanto somos maduros, mesmo sendo jovens, e que o status “namorando” é realmente pra valer e que não há distância que mude isto. Esse ano se tudo indica ele virá de São Paulo para onde eu moro  em Recife – e irá dançar comigo na minha formatura. Um ponto bastante importante também é que a minha melhor amiga – que confio em contar tudo sobre ele – é a minha mãe, a Dona Cristina. Sou muito grata pelo apoio e a ajuda dela em tudo, e aprendi que sempre temos que contar com elas. Só que o empenho e a vontade tem que ser minha e dele, se nós dois quisermos de verdade viver algo a mais.


Nome: Bruno Gabriel | Idade: 18 anos | Blog

O namoro à distância muitas vezes é mais complexo do que um “namoro normal”, porque você realmente tem que conhecer o sentimento pela outra pessoa, isso porque, um namoro comum pode sim durar um certo tempo, mesmo se os sentimentos forem duvidosos, mas a distância causa a saudade e a dor de não ter a pessoa ao seu lado, tornando assim o namoro a distância mais complicado, e o amor é o principal sentimento nesse tipo de relação. Tem muita coisa difícil, mas se o sentimento for verdadeiro com toda a certeza vai sim durar por muito e muito tempo, afinal, a distância é algo muito pequeno e nunca vai impedir o namoro de desenvolver, só faz com que os sentimentos sejam mais verdadeiros, e que o tempo que estão juntos seja aproveitado cada segundo, não deixando nada ficar para trás ou para depois, pois cada minuto é muito precioso. Eu particularmente sinto falta de ter a minha namorada ao meu lado o tempo todo, mas sei que quando houver oportunidade ela estará aqui e eu estarei com ela. Gosto muito da companhia dela, pois com ela converso coisas que não falo com mais ninguém, ela sabe os meus gostos, meus segredos e cuida de mim quando estou me sentindo mal por algum motivo. A parte mais difícil de todo esse tempo de namoro está sendo agora, pois estou trabalhando e além da distância a falta de tempo está deixando as coisas mais complicadas, mas como foi dito no começo do texto... quando você sabe mesmo o que quer, nada vai impedir de um namoro seguir em frente, seja ele a distância ou não.


Quem nunca passou por isto, não é mesmo? Aconteceu comigo também e eu pude ver como é difícil e como você tem que ser forte para que dê tudo certo. Mas acho no começo da para ir levando, mas com o passar do tempo se um não se disponibilizar a mudar para a cidade do outro, talvez as coisas não continuem lindas como sempre. Claro que devemos ter muito cuidado com isto, até porque anda muito perigoso e não conhecemos cem por cento a pessoa atrás da telinha. É importante você pesquisar sobre a vida da pessoa e, dar aqueeeela "stalkeada". Mas, apesar dos pesares, é uma situação bem legal e diferente. Na minha experiência eu pude realmente sentir um pouquinho de como é amar e ser amada, e de como aquilo me fazia feliz, mesmo a outra pessoa estando a quilômetros de mim. São coisas que acontecem, e como dizem, não mandamos em nossos corações, não é mesmo? Claro que esta é apenas a minha opinião.

Acho que o post de hoje foi o melhor de todos, amei discutir este tema com as meninas, e amei ter a participação de um homem por aqui. Obrigada Bruno e Elisa. (:

E vocês, já passaram ou estão em um relacionamento à distância?
Deixe seu comentário abaixo e vamos discutir sobre este tema.

Espero que tenham gostado da dica de hoje.
Obrigada pelo carinho pessoal.

Beijinhos!

19 vagalumes cegos:

  1. Eu não acredito em namoro a distância. Já vi isso de perto e na maioria dos casos que vi ou a pessoa era traida ou acabava o interesse. Eu acho que namoro é muito mais aquela coisa do dia a dia de estar por perto em momentos importante de relaxar. E namoro a distancia tem isso quando ? uma vez por mes. É isso.
    bjs
    naquelemomentoeujuro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que um namoro a distância exige muito amor e confiança das duas parte, mas é possível dar certo sim!

    Beijos
    http://rebecapicker.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. 'Namoro a distância' esse tema entrou em nossa conversa, sem mesmo a Gih saber que eu passava por isto. Maravilhoso ter participado e contado um pouquinho da minha história, que já é bem longa... Namoro a distância não se resume a um status e sim a muito história que quem só vive pode saber.
    Comentárei um fato que conheci em minha própria família:
    - Tenho uma tia, que passou por um divorcio aos 29 anos. Ok. Pela internet ela conheceu um rapaz que morava fora do Brasil, mesmo sendo brasileiro (pois ele era da aeronautica e estava em trabalho), passaram 3 anos só conversando pela internet. E ela não falava dele pra quase ninguém, mas sempre confio muito em mim. Ele voltou para o Brasil e eles só conseguiram passar 8 meses de "conhecimento, namoro, noivado..." e em 2011 eles se casaram na mais bela igreja daqui do recife, já tem um bebê e são felizes.
    Se você ama, vale a pena acreditar e insistir. Isso eu aprendi vendo.

    ResponderExcluir
  4. Namoro a distância é muito dificil, se perto já é complicado, imagina longe? Não sei se eu conseguiria manter.
    vestidofloral.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. ... Gosto de denguinho, cafuné, mãos dadas. Não sei se ia conseguir manter um relacionamento a distância. :(
    Beijo Gih,

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que, quando o amor é verdadeiro, é possível sim! Estou em um relacionamento assim há quase dois anos e olha que a distância é imensa: 10.240 km...mas vale a pena quando nos encontramos! hehe

    ResponderExcluir
  7. Esse é um tema bastante complicado... Mas acho que quando existe sentimento, as pessoas podem ficar juntas mesmo longe. O amor supera tudo.

    Beijos! Bruna, -to seguindo linda!
    improvavel-julieta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Post super interessante,eu acho díficil manter uma relação à distância,até porque,além de exigir o dobro de confiança,exige também o dobro de paciência,não é qualquer um que dá conta da saudade matando rsrs.Um beijo grande.
    Camila Vieira

    http://cami-lices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Realmente esse assunto é muito polêmico e causa uma certa dúvidas em várias pessoas, mas qualquer tipo de relacionamento é possível sim, basta você amar pessoa. No meu caso por exemplo tenho muito carinho, companheirismo e amor pela Lisa. Isso faz com que o nosso namoro não seja taxado de "namoro a distância" porque a distância física pode até existir, mas outros tipos de distância podem sim ser diminuídas!

    ResponderExcluir
  10. admiro tanto teu trablho , parabens bjos

    ResponderExcluir
  11. Olá adorei seu blog..
    estou seguindo
    se gostar me segue tbem

    queziamakeup.blogspot.com.br

    beijos..

    ResponderExcluir
  12. Um assunto que deixa muita dúvida pra as pessoas, e é claro que existe amor a distância bastar amar de verdade a pessoa, pois namoro a 3 anos devido alguns acontecidos estou 5 meses assim, namorando pela distância e nem isso deixa para de gostar e desconfiar dele. É ruim mas um dia passa!
    cantiinhodabia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. confesso que isso quase acontece comigo, sou do ceará e o menino é da bahia, não sei ao certo o q aconteceu, eu estava gostando dele, mas um tempo depois paramos de nos falar, no começo foi difícil deixar de falar com ele, mas depois me acostumei e hoje nem ligo mais quando o vejo on' no face, é uma coisa meio louca, pois antes só faltava pular dentro do PC, hoje não me importo, e isso é meio triste. Mas fazer o q ?!

    http://meniina-linda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá Gi, adorei participar dessa coluna em seu blog, estou louca pra participar novamente, é possível? Fiquei feliz em ler o debate aqui nos comentários, e ler a história de alguém que vive nisso.
    Estou seguindo o blog, quando puder me visite

    http://venenosemacas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Ahhh, ia adorar participar desse assunto. Namoro quase há 2 anos e tudo deu muito certo <3

    ResponderExcluir
  16. Olá, vou partilhar um pouco da minha história que tem muito haver com descrito.
    O meu testemunho é uma prova de que tudo é possível num relacionamento á distancia.
    Sou Português e moro em Portugal, tenho 24 anos e em Outubro de 2009 conheci a minha namorada num chat de relacionamentos. Ela com 22 anos e de Minas Gerais,Brasil.
    Sendo então no inicio não previamos que tudo isto iria acontecer, mesmo assim depois de alguns meses encontramos um no outro aquilo que procurávamos.
    Como indiquei, desde de 2009 que nos conhecemos e em 02/2010 oficializamos o nosso namoro e falamos com as nossas familias. No inicio foi tudo muito dificil seja em questão de dinheiro ou até mesmo na abordagem da situação ás nossas familia. Ainda nesse espaço de tempo ouve uma traição da parte dela, mas eu perdoei porque a partir ela realmente entendeu o grande amor que estava a viver.
    Após tudo isto sucederam-se quase 2 anos de relacionamento á distancia onde eu posso dizer que mesmo através de uma tela de computador, ficaram marcados como os melhores momentos da minha vida.
    O nosso amor foi e é algo de maravilhoso e enorme, coisa que eu nunca pensei em viver na minha vida. Mas realmente eu estou entre aquelas poucas pessoas que encontrou realmente o amor de uma vida inteira.
    Entretanto no dia 21 de Fevereiro de 2012 ela veio para Portugal mesmo contra a vontade da família. Largou os amigos, família e conhecidos para ir ter comigo ao outro lado do oceano. Ficou 6 meses cá em Portugal e foram 6 meses ótimos, os melhores 6 meses da minha vida! Infelizmente a minha namorada tinha problemas de coração e teria que ser operada dentro de poucos meses. Nós já sabíamos que teria que ser operada e pensamos em fazer aqui em Portugal a cirurgia mas por questões burocráticas isso foi impossível tendo de retornar para o Brasil no dia 22 de Agosto de 2012. No espaço de 1 mês meio fui para o Brasil. isso foi no dia 08 de Outubro de 2012. Permaneci 3 meses no Brasil e no dia 31 de Dezembro por questões burocráticas tive que me vir embora pois só poderia permanecer 3 meses no Brasil. Nesse espaço de tempo que permaneci no Brasil, fui a todas as consultas de cardiologia, com a minha namorada, em Belo Horizonte. Sendo que o motivo da minha ida ao Brasil foi para poder assistir á cirurgia e poder estar do lado dela mas a cirurgia não saiu no tempo em que permaneci lá. Infelizmente como já indiquei as razões, tive que vir embora do Brasil, caso contrario ficaria em excesso de permanência no pais.
    Ao regressar a Portugal recebi a noticia que a minha namorada ia fazer a cirurgia em Janeiro, e assim foi. A cirurgia foi no dia 27 de Janeiro tenho sido feita com sucesso. Dia 13 de Fevereiro 2013, dia do meu aniversario, a minha noiva teve alta hospitalar.
    Passados 10 dias(23 de Fevereiro de 2013), minha noiva veio a FALECER.
    Ela tinha feito trocas das válvulas no aórticas no coração.

    Esta é uma realidade que se passou na minha vida, bem recentemente!
    Hoje estou desorientado com a morte da minha noiva, não sei o que fazer daqui para a frente, sem motivo de lutar, sonhar ou até mesmo viver!

    Mas existe uma coisa que eu aprendi.
    "Carpe Diem"

    Inconscientemente vivi todos os dias como se fossem o ultimos com ela. Fiz ela a mulher mais feliz que alguma vez existiu. Amei e amo-a muito!E é isso que me faz sentir melhor, é que da minha parte eu fiz tudo aquilo que estava ao meu alcance para lhe trazer tranquilidade!


    Este é o meu testemunho!
    Se tiverem numa situação de duvida, em relação a um namoro á distancia...Vai á luta:)Aproveita a vida e não olhes para aquilo que te diz a familia, pois eles não te vão entender. Mas tu dentro do teu coração entendes o porque de fazer isso!

    Sejam felizes!

    ResponderExcluir
  17. Achei esse post por acaso mas até me emocionei lendo. Minha história de relacionamento à distância é parecida. Moro no interior da Bahia e vai fazer 9 meses que estou namorando com um japonês. Tenho 18 anos e ele tem 20. Sou apaixonada pelo Japão(apesar de não gostar de animes e afins rs), e aprendi a falar japonês. Como só uso redes sociais do Japão, acabei conhecendo ele e começamos a namorar. Ele é muito gentil e faz questão de mostrar o quanto me ama desde o começo. Nós dois estamos apaixonados de verdade, choramos conversando no telefone as vezes, damos risada no skype... é uma relação normalmente perfeita com excessão da distância ENORME que atrapalha muito. Ele fez aniversário e fiz questão de mandar uma carta e um presentinho romântico, e como no Japão a relação é um pouco "fria" em comparação ao brasil, cada pequeno gesto meu emociona ele e o deixa extremamente contente! Planejamos um lindo futuro juntos e confesso que ele se tornou MUITO importante pra mim.
    Sobre a insegurança, ele confia cegamente em mim e faz questão de me dizer com quem ele vai sair(geralmente sempre com o mesmo amigo). Sou ciumenta mas depois dessa relação aprendi a confiar também. Digo isso porque não consigo me imaginar ficando com outra pessoa tendo ele grudado na minha mente 24 horas por dia. E tem dias que no skype ele diz "hoje foi doloroso... pensei em você o dia inteiro!", então acredito que ele gosta de mim de verdade sabe... Além disso, a família dele sabe(já conversei com o irmão dele no telefone e tudo rs), e a minha família também. As vezes a minha mãe solta coisas do tipo"você só fica presa dentro de casa, vai sair e conhecer gente nova", mas eu sou bem caseira e ela tem "medo" da minha aproximação com o Japão e os japoneses rs.
    Na verdade, antes de conhecer meu namorado eu pretendia ir pra lá estudar, e agora quero me esforçar mais ainda pra isso, agora tenho um alguém especial esperando por mim lá(como ele gosta de dizer). É doloroso, difícil, mas é muito prazeroso e divertido também! Torçam por mim, estamos lutando para que dê certo!!

    ResponderExcluir
  18. Estou passando por isso nesse exato momento, mal começou e já posso dizer que está sendo muito difícil. Namoro há 3 anos e meio, sempre fizemos tudo juntos, temos os mesmos amigos, os mesmos hábitos... Mas aí meu namorado decidiu prestar vestibular para um curso que não tinha na minha cidade. Resultado: ele mudou-se para Minas Gerais e eu fiquei aqui no Piauí. Ainda é recente, eu não faço a menor ideia do que vai acontecer e vou confessar que nunca acreditei em namoro á distância, mas não quero desistir, vou levando o máximo que der. É complicado, somos ambos muito ciumentos e isso só vai tornar tudo mais difícil e as brigas cada vez mais frequentes. Por maior que seja o amor e a confiança, nunca vai ser fácil. As pessoas falam, lhe colocam medo, enchem sua cabeça de dúvidas e ficamos a um passo de enlouquecer. Eu espero realmente mudar meu ponto de vista inicial e fazer isso dar certo. São cinco anos, talvez menos, caso ele consiga transferir para a UFC, mas independente do tempo, eu sei que não vai ser fácil. Não faz nem uma semana que ele foi e a saudade já está sufocando, as meninas já começaram a aparecer e me deixar louca de ciúme, mas se não der certo eu quero ao menos sair com a certeza de que essa foi uma das poucas coisas da qual não desisti.

    ResponderExcluir
  19. Ah, e a propósito, adorei o blog e já estou seguindo. Vou ficar de olho também na fanpage e participar das discussões. Também tenho um quadro parecido no meu blog.
    Beijo

    www.cecismaria.blogspot.com

    ResponderExcluir

- Comente o que você achou do post, sua opinião é sempre bem-vinda.

- Seu comentário nos meus posts são respondidos na minha página. (:

- Vistou e deixou sua opinião sobre o post? Pode deixar que eu vou lá conhecer o seu cantinho.

- Volte sempre, adoro saber o que você pensa!

 
Meios dias gastos. Online desde 2012. Totalmente desenvolvido por Michelly Melo