Inspiração fotográfica - George Lucas

Em 9 de setembro de 2015
Eu acompanho um grupo no Facebook chamado Vsco Brasil e muitas pessoas compartilham fotos incrivelmente lindas e inspiradoras. Em uma das minhas futricadas por lá, me deparei com o George Lucas e com um ensaio lindíssimo que eu fiquei tão apaixonada que não poderia deixar de compartilhar com vocês. O ensaio temático é, nada mais nada menos, do que... VALENTE *_* coisa mais linda de se ver!! 

Para quem quiser acompanhar o trabalho do George e ver mais fotos dele, deixo o Instagram e o Facebook. Gostaram da indicação de hoje? Vocês gostam de posts assim? Conhece alguém que já fez um ensaio temático e serve de inspiração? Me conte nos comentários, vou adorar saber o que vocês acham.

Obrigada pelo carinho e pelos elogios sempre, pessoal!
Não deixem de acompanhar o blog.

Facebook  Twitter  Flickr  Instagram  Tumblr  Página  Pinterest

Fotografia de bolso - Julho/Agosto

Em 12 de agosto de 2015
Eu sou uma das apaixonadas pelo instagram, estou sempre atualizando e procurando tirar fotos legais para compartilhar com os seguidores. Já compartilhei aqui no blog várias vezes algumas das fotos que andei postando por lá, e depois que eu vi a categoria "Fotografia de Bolso" no blog O Mundo Cabe na Minha Lente, achei o nome sensacional e também resolvi aderir a esta categoria. Não vou estipular uma data de quando acontecerá a postagem, mas todo mês as fotos estarão aqui.

 1 - Noite de japa com as amigas para matar a saudade porque uma delas tinha ido passar as férias nos EUA. / 2 - Pisante novo e lindo da QIX, sou apaixonada por tênis e essa é uma das minhas cores favoritas, tinha tempo que eu tava querendo um tênis caramelo mas até então não tinha achado um que me agradasse. / 3 - Primeiro dia de volta a faculdade, queria mais três meses de férias. hahaha' / 4 - Indo para o casamento da minha prima,  comprei esse macaquito SENSA na Zara. / 5- A Viagem não começa quando se percorrem distâncias, mas quando se atravessam as nossas fronteiras interiores. Permita-se!! / 6 - Por que o pôr do Sol é tão fotogênico. Sou uma das apaixonadas por essa hora do dia. 
 1 - No casamento da prima, foi em uma chácara linda, super vibes e tal. / 2 - O macaquito lindo da Zara que eu comentei ali em cima. / 3- Foto avulsa, tava no carro com mainha indo pra algum lugar. / 4 - Já falei que é minha hora favorita mas repito porque nunca é demais. /5 - Oi. :) / 6 - Essas marcas cariocas são muito amor, estava na loja Via Mia e comprei essa sandalinha maravilinda!
1 - Saindo de casa pra dar um rolêm, skate é uma das minhas paixões, eu andava desde que tinha uns 11 anos mas depois parei, agora comprei um e sempre que da eu ando. / 2 - No rolê, pôr do Sol, pensa se não tava numa vibe super boa. / 3 - RESILIENCE - O ato de se reinventar em qualquer situação da sua vida, levo essa palavra comigo. / 4 - Cazamigas na balada curtindo um house. / 5 - Mainha, minha melhor amiga, minha parceira, minha rainha, ela me aguenta cantando e dançando dentro do carro. hahaha' / 6 - Oizinho de novo. :)

Espero que vocês tenham gostado das fotos, e quem ainda não me acompanha no Instagram, segue lá, estou sempre atualizando.
Obrigada pelo carinho e pelos elogios sempre, pessoal!
Não deixem de acompanhar o blog.

Facebook  Twitter  Flickr  Instagram  Tumblr  Página  Pinterest

Vem aí | Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor

Em 8 de agosto de 2015
Sinopse: Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?
"Uma vez que tenha me apaixonado, acho quase impossível me desapaixonar; aprendi isso sobre mim mesmo. Não é algo que torne a vida mais fácil. "
Alguns dias atrás recebi um e-mail da Novo Conceito para falar um pouco do que eu achei de um livro que será lançado e quando recebi a imagem da capa logo fiquei curiosa porque, primeiro que tem Londres na capa, a história do livro acontece em Londres e fala sobre o amor. Existem argumentos melhores para se ler este livro? 

Comecei a ler a história e logo no início me deparo com uma lista com dez coisas que Alice dirá ao pai dela quando o encontrar, e percebi que ao longo do livro sempre terá uma lista com 10 coisas que cada personagem pensa/sente. O livro é narrado tanto por Alice quanto por Daniel, então será aquele tipo de livro que a gente consegue entender os dois lados da história, tanto o de Alice, uma mulher de 30 anos que perdeu a mãe muito cedo e agora, com seu pai doente precisa ter todos os cuidados com ele, quanto de Daniel um mendigo que vive nas ruas e que não conhece e não sabe nada sobre sua filha mas que deseja todos os dias encontrá-la. 

No começo parece uma leitura confusa pelo fato de cada capítulo ir mudando a história e os personagens mas acredito que quando pegarmos a história completa começaremos a entender melhor o que acontece na vida de cada um. Além de que, pelo que eu pude perceber, o livro irá nos passar uma grande lição de vida. Os livros sempre nos ensinam algo, sempre passam uma mensagem, e Dez coisas que aprendi sobre o amor promete ser um desses tipos de livro.

Dez Coisas que {eu} Aprendi Sobre o Amor:

1 - Deus é o amor.
2 - É um dos sentimentos mais lindos que existem.
3 - Se as pessoas soubessem o real significado do AMOR o mundo seria melhor.
4 - O amor não é somente o ato de amar outra pessoa, da presença física. O amor está em cada detalhe dos nossos dias, como o pôr do sol, um pássaro que voa no céu...
5 - Amores verdadeiros são difíceis de encontrar hoje em dia.
6 - As pessoas estão banalizando o amor e achando que paixão é a mesma coisa.
7 - O amor é perigoso, é preciso saber amar.
8 - O amor é paciente, é bondoso, não maltrata, não procura seus interesses, não guarda rancor.O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
9 - Todos nós achamos que sabemos demais sobre o amor, mas no fundo, talvez, o que a gente acha que sente pode ser só a pontinha do iceberg.
10 - Eu amo minha vida, amo minha família, amo o fato de poder acordar todos os dias e dizer "Boom Diiaaa Vidaa!!". Amo estar viva e poder dizer para aqueles que estão ao meu redor o quanto eu os amo.

Espero que vocês tenham gostado da dica de hoje, e que estejam ansiosos para o lançamento de 
Dez coisas que aprendi sobre o amor.
Obrigada pelo carinho e pelos elogios sempre, pessoal!
Não deixem de acompanhar o blog.

Facebook  Twitter  Flickr  Instagram  Tumblr  Página  Pinterest
 
Meios dias gastos. Online desde 2012. Totalmente desenvolvido por Michelly Melo